Laboratório 4

Vocês devem construir uma versão simples do jogo Breakout, mostrado abaixo na sua versão para o videogame Atari 2600:

No Breakout, o jogador controla uma “raquete” retangular na parte inferior da tela com o teclado, movendo ela para a direita e para esquerda, tentanto rebater uma bola. O objetivo é destruir todos os tijolos que estão dispostos em seis fileiras de quatorze tijolos cada. Cada vez que a bola bate em um tijolo ela é rebatida, e o tijolo some.

A bola também é rebatida pelas paredes laterais, e pelo teto, mas se ela chegar ao fundo da tela ela volta para a posição inicial e o jogador perde uma vida se ele perder todas as quatro vidas o jogo termina e ele perde. Se ele destruir todos os tijolos o jogo também termina. Cada tijolo destruído vale um ponto.

Vocês irão fazer o jogo em partes. A janela do jogo deve ter 800 pixels de largura e 600 de altura.

1. Crie o projeto do jogo, usando o template de Aplicação GUI (instale ele seguindo as intruções na página principal), e escreva o código que desenha as paredes, o teto, e a raquete em sua posição inicial. A raquete tem 25 pixels de altura e 100 de largura. As paredes e o teto têm 50 pixels de largura.

2. Desenhe todos os 84 tijolos. Cada tijolo tem 50 pixels de largura e 30 de altura. Faça cada tijolo ter uma cor aleatória, incluindo a biblioteca stdlib.h e usando a expressão rand() * 1.0 / RAND_MAX para cada componente da cor.

3. Faça o jogador poder mover a raquete usando o teclado. A ideia é observar os eventos gui_tecla para as teclas Left e Right. Quando uma dessas teclas você deve dar o valor 1 a uma variável global correspondente, e quando ela é solta o valor 0. No evento gui_tique, se a variável correspondente à tecla Left for 1 a raquete deve se mover para a esquerda um número de pixels igual a 100 vezes o tempo. Se a variável correspondente à tecla Right for 1 a raquete se move para a direita desse mesmo jeito.

4. Ponha a bola em jogo, desenhando um círculo com cinco pixels de raio. Para o movimento da bola, você deve ter duas velocidades, correspondendo aos componentes horizontal e vertical do movimento. Faça ela se mover, e teste diferentes velocidades.

5. Faça a bola rebater nas paredes e na raquete, usando o centro da bola para testar sua colisão com os elementos do jogo. Quando a bola rebate na parede esquerda e está se movendo para a esquerda, ela passa a se mover para a direita (invertendo o componente horizontal de sua velocidade). Quando a bola rebate na parede direita e está se movendo para a direita, ela passa se mover para a esquerda. Quando a bola rebate no teto e está se movendo para cima, ela passa a se mover para baixo. Quando a bola rebate na raquete e está se movendo para baixo, ela passa a se mover para cima.

6. Implemente o contador de vidas, fazendo ele diminuir em 1 toda vez que a bola chegar à parte de baixo da tela, pondo a bola de volta em jogo na sua posição inicial. Se o contador de vidas chegar a 0 a bola não volta, e você deve exibir uma mensagem GAME OVER no centro da tela.

7. Implemente a colisão da bola com os tijolos. Se a bola colidir com a parte de baixo do tijolo, ela deve ser rebatida como se fosse com o teto. Se ela colidir com a lateral esquerda, deve ser rebatida como se fosse a parede direita. Se ela colidir com a lateral direita, deve ser rebatida como se fosse a parede esquerda. Se ela colidir com a parte de cima, deve ser rebatida como se fosse a raquete. Em todos os casos esse tijolo “sai” do jogo, e não é mais exibido ou examinado para a colisão da bola. Para isso faça um vetor de números, um para cada tijolo, onde 0 indica que o tijolo está fora do jogo e 1 que ele está no jogo.

8. Falta só o score, que é fácil: cada tijolo que sai do jogo aumenta o score em 1 ponto. Parabéns, você conseguiu!


Última Atualização: 2016-01-31 15:51